Newsletter

Cadastre-se e receba todas as novidades

Fique por dentro da expansão do mercado de audiolivro

Publicado em 29 de Dec de 2016 por Redação |COMENTE

O mercado de audiolivro está deixando de ser restrito a um público especial, e se tornando atraente a outros tipos de consumidores. Confira!



Texto Aline Feltrin | Adaptação Isadora Couto | Foto Shutterstock 

Fique por dentro da expansão do mercado de audiolivro 

Uma pesquisa recente do Instituto Pró-livro sobre o comportamento do leitor no País mostrou que uma pequena parcela de brasileiros tem o hábito de escutar obras literárias por meio de livros com formato em áudio.

A razão para isso é que o mercado de audiolivro está deixando de ser restrito a um público especial, como estudantes de línguas, deficientes visuais, crianças e idosos, para se tornar atraente a outros grupos de consumidores. Estudantes e trabalhadores que passam muito tempo no trânsito se encaixam nesse perfil.

"Foi uma surpresa o audiolivro aparecer em nossa pesquisa. O produto foi citado por 1% dos nossos cinco mil entrevistados", diz a gerente de projetos do Instituto Prólivro, Zoara Failla. De olho nesse mercado, estão surgindo pequenas e médias editoras especializadas na produção desse tipo de livro. A editora Nossa Cultura, de Curitiba (PR), foi uma das pioneiras no movimento.

Em 2005 publicou a coleção "Pensamento Vivo" do autor Rubem Alves, com quatro volumes. Hoje, já tem mais de 60 títulos."Certamente, o número de unidades vendidas cresceu, mas foi um árduo trabalho conseguir abertura no mercado livreiro para um formato que era desconhecido na época", conta o editor da Nossa Cultura, Paulo Lago.

 

E não acabou por aqui! Quer saber mais? Na revista Gestão & Negócios nós te contamos tudo sobre o mercado de audiolivro. Corra para as bancas ou garanta a sua por aqui >> https://goo.gl/goMbml


COMENTE