Seis formas de preservar talentos em momentos de crise Início - Perfil empreendedor - Gestão e Negócios
Newsletter

Cadastre-se e receba todas as novidades

Seis formas de preservar talentos em momentos de crise

Publicado em 18 de Jan de 2018 por Redação |COMENTE

\"Hoje as empresas buscam competências como dinamismo, agilidade e criatividade nos chamados \'talentos\'. Em tempos de crise, esses talentos se tornam fundamentais para as empresas que estão lutando para sobreviver\"



Texto: Carolina Abrantes | Fotos: Istockphoto.com | Adaptação Web: Rodrigo Sodré

Muito tem se falado neste atual cenário político e econômico do País, sobre como os profissionais podem se capacitar e se diferenciar para remar contra a maré e manter suas posições no mercado ou, até mesmo, crescer. Infelizmente, temos visto a expansão do desemprego, o que torna o quadro menos favorável para os profissionais e mais favorável para as empresas. Mas será que temos apenas estelado da moeda?

Como sócia-fundadora e atual diretora responsável por uma empresa de consultoria especializada em gestão e governança em TI, e composta, em sua maioria, por profissionais bem qualificados da geração Y, gostaria de ressaltar a importância de as empresas voltarem esforços para a manutenção de seus talentos. Esse é um desafio real que não pode ser subestimado.

Hoje as empresas buscam competências como dinamismo, agilidade e criatividade nos chamados “talentos”. Em tempos de crise, esses talentos se tornam fundamentais para as empresas que estão lutando para sobreviver. Justamente por isso, são profissionais que ainda possuem uma boa empregabilidade. No entanto, o que vemos é a fuga desses talentos se acentuar, seja para tentar a vida em outros países ou para complementar sua formação com pós-graduações em faculdades estrangeiras. Nesse momento, deve-se adotar ou reforçar ações para a manutenção desses talentos que, na hora da retomada, serão muito importantes. Abaixo listo algumas dessas iniciativas que podem ajudar nesse desafio:

1 ENTENDA SEUS ANSEIOS PROFISSIONAIS E BUSQUE EQUILIBRAR A RELAÇÃO: tendo uma equipe primordialmente de geração Y, um desafio que enfrento é a ansiedade típica desses profissionais. Busco alinhar expectativas quanto à carreira, crescimento e promoções, como objetivo de mostrar que existe sim o interesse na evolução profissional daqueles que estão se destacando, mas que a empresa também tem seu tempo e suas limitações de recursos. Para esse alinhamento, conversas vindas diretamente dos líderes da organização se tornam fundamentais e dão maior credibilidade.

 

2 NÃO DEIXE DE INVESTIR E MOTIVÁ-LOS: os profissionais mais talentosos e dedicados, normalmente, gostam de ser desafiados e de perceber que estão recebendo incentivos e investimentos. Porém, nem sempre os investimentos precisam ser em termos financeiros. Use a criatividade e mantenha o nível de motivação desses profissionais com novos desafios, maior independência e participação na tomada de decisão, posições de liderança, entre outros.

3 INVISTA NO AMBIENTE DE TRABALHO: normalmente, passamos mais tempo em nosso ambiente de trabalho do que em nossas próprias casas. Dessa forma, os profissionais precisam se sentir bem e ter vontade de estar na sua empresa. Muitas empresas têm investido em layouts lúdicos, que incentivam a colaboração e trazem facilidades e confortos para seus funcionários. Mesmo com pouco investimento, é possível alcançar um ambiente minimamente saudável com a temperatura correta, limpo, arejado, bem iluminado, com a separação correta do espaço, etc. Seja criativo!

4 VALORIZE AS RELAÇÕES: profissionais de destaque sempre buscam seu espaço e querem ser ouvidos. Incentive a construção de relações sólidas e profissionais. Isso pode ser feito por meio de uma série de programas e iniciativas voltadas a conversas e orientações: mentoria, tutoria, coach pessoal e profissional, programas de liderança, conversas frequentes com os líderes, estruturação de canais formais para comunicação com a empresa, entre outros.

5 TREINE E CAPACITE SEUS TALENTOS: profissionais de alta performance buscam um aperfeiçoamento contínuo, seja por meio do ganho de experiência com o dia a dia profissional, seja através de cursos, especializações, pós-graduações, etc. Esse tipo de investimento traz um retorno duplo: além de desenvolver ainda mais seus talentos, reforça o interesse que a empresa tem nesses profissionais, engajando-os ainda mais.

6 SEJA TRANSPARENTE: um dos principais aprendizados que tive ao longo desses anos como empreendedora e líder foi que a transparência é um dos principais pontos de aproximação entre a empresa e seus profissionais. Se o momento está difícil e a crise realmente está chegando, junte a equipe, passe a mensagem correta sem entrelinhas e, por fim, mostre o quanto a participação de cada um se torna importante em um processo de recuperação. Aqueles que estão realmente ligados à empresa e dividem seu propósito com suas lideranças irão entender e se posicionar da melhor forma.Esses são apenas alguns dos fatores relacionados à motivação e manutenção de talentos em momentos como este que estamos vivendo. O mais importante é que você observe, na sua empresa, as ações mais alinhadas ao seu modelo de gestão, propósito e cultura. Porém, não esqueça que os talentos sempre são fundamentais e devem receber a atenção necessária, em momentos de crise ou de crescimento.


COMENTE